Sinal da Lua ~ encontro de alguem perdido

30
Out 09

Apetece me fugir... pensava eu enquando chorava naquela escuridão.

a minha vida está arruinada...

algum tempo que estou na corda bamba, em que nao sei se tenho quem goste de mim ou nao.

pois parece que essa pessoa não gosta de mim o suficiente para o admitir perante a sua familia.

Ao principio parece que não me importava, mas fui olhando ao meu redor, e via que a minha realção nao era como as outras. Enquanto as outras pessoas iam sair com os sujeitos que eram seus namorados, eu ficaria em casa a ver televisao ou a falar com ele na net. Quando me perguntavam ja conheces os teus sogros? eu respondia numa mentira profunda que sim!

quando tinha algo novo, perguntavam se foi ele que me tinha dado, ai já nao dizia que sim, pois ele não me dava nada, nem mesmo eu lhe pederia nada!

As nossas saídas eram meias estranhas, pois não era o dia inteiro era apenas metade de uma tarde, logo ao principio todas as tarde que saiamos lhe telefonavam para saber onde estava, todos os momentos ele mentia e dizia que estava num sitio em vez de dizer que estava comigo. Todas as noites pensava... que mal é que seria em namorar comigo? será que não tenho aquela beleza que as outras têm... porque eu? porque? porque? porque?

todos os dias não encontrava resposta para essa mesma pergunta.

Todos os dias tentava nao pensar no que chorava todas as noites, nas respostas que nao encontrava nas perguntas que fazia a mim mesma. a minha vida ja era complicada!

Complicar mais para que... homens só nos dao trabalhos, por eles fazemos tudo, eles por nos nunca fazem nada. enquanto ele mentia ha sua familia, já tinha contado aos meus.

Diziam namoro neste idade, pode ser que encontres melhor, um dia mais tarde, no mundo onde iras trabalhar. mas estava alucinada, pois ele era tudo o que eu queria, tinhamos os meus gostos e eramos pacatos alem da timidez que sentiamos.

As vezes perguntava porque tive de ser eu a dar o primeiro passo e nao ele... pois se fosse ele pensaria que gostava mesmo de mim...

mas como fui a primeira a beijar, teria pena de mim, ao ponto daí de me começar a chamar amor, de andar de mao dada pelas ruas, como verdadeiros namorado?

nós nem eramos namorados a serio... assumia porque era giro, estar pressa alguem, por beijos abraços e pela palavra amor! seria assim introdução da fachada do começo  de uma vida ficticia com alguns traços reais!

publicado por Aquela que se esconde Atras de um poema às 22:53
sinto-me:

vc parece ser uma raparia 5 estrelas e keria dedicarlhe esta musica http://www.youtube.com/watch?v=luDsxSGZqJw espero que goste, ;)
flavio a 1 de Novembro de 2009 às 23:01

Obgada pela musica... sim gostei da musica, por acaso fui eu k pus essa musica na net... acertaste em xeiooo :p

beijocas*

aceriu??? :O n sabia que feliz acaso ;D, ja agr esta td bem? bjs
flavio a 9 de Novembro de 2009 às 15:47

sim e ctg?

nos nao nos conhecemos de nenhum lado pois nao?
lool

bjocas*

sim e cntg? nao, nao nos conhecemos mas gustava de ter esse prazer, posso ter o teu mail? ;D
flavio a 9 de Novembro de 2009 às 21:29

sim ta tdo bem, lol
es de onde, e como te xamas ja agora?!

sou de lisboa e moro em lx e tu?
flavio a 10 de Novembro de 2009 às 22:01

sou de coimbra mas moro na margem sul du tejo, k idade tens?

20 e tu? tns mail? adiciona este se kizeres pa falarmos melhor ;)
flavio a 10 de Novembro de 2009 às 23:48

vc tem mail?
flavio a 11 de Novembro de 2009 às 22:28

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
31


arquivos
2011

2010

2009

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO